“Senta direito!”

Entenda como aspectos posturais vêm sendo desmistificados pela ciência.

Pesquisadores vêm tentando entender mitos que envolvem temas como coluna vertebral, postura e dor há algum tempo.

Separamos algumas conclusões que nos sugerem uma reavaliação sobre alguns pensamentos e comportamentos:

1. Não existe postura correta
Existem crenças sobre este tema, as quais não foram justificadas pela ciência – ou seja, uma postura não é cientificamente melhor que outra mesmo que haja o desejo de um alinhamento específico. Não existem evidências com metodologia de qualidade que comprovem a existência de uma ótima postura que irá prevenir um quadro de dor.

2. Diferenças posturais são fato na vida real ou vida orgânica.
As curvas da coluna possuem alterações que são de ordem natural em grande parte dos seres humanos.Não existem evidências que comprovem que estas alterações (hiperlordose, hipercifose e retificações) tenham associação com experiência de dor – isso significa, portanto, que não podemos afirmar que uma influi na outra.

3. Posturas variam de acordo com crenças culturais e estados de humor.
A coluna vertebral pode ser entendida como um eixo de personalidade que se relaciona consigo e com o mundo através de seus membros superiores e inferiores. Isso significa que ela reage à emoções, pensamentos e imagens corporais. A tensão muscular crônica está intimamente relacionada ao que pensamos, sentimos e fazemos. O corpo é afetado do micro ao macro (bloqueios articulares, por exemplo) quando em contato excessivo com estados de alerta, proteção, fragilidade, medo, tristeza etc.

4. É seguro adotar posturas confortáveis (“desleixadas”).
A postura entendida como confortável varia entre seres humanos. Variar e transitar entre diferentes atitudes posturais é uma grande estratégia não só  ter para uma coluna saudável bem como para o alívio da dor.

5. A coluna vertebral é estruturalmente forte e confiável. 
Todas as estruturas corporais são resultado de milhares de anos de evolução e, por isso, devem ser entendidas como o melhor que a Natureza pôde oferecer a nossa espécie.A coluna é capaz não só de se adaptar a diferentes movimentos bem como a diferentes cargas.

6. Sentar-se por determinado tempo não é perigoso.
A questão envolvida no sentar não se relaciona exclusivamente à posição, mas à condição sedentária. A recomendação com validade científica é a de que deve-se assumir um comportamento ativo em toda e qualquer oportunidade,  principalmente se você faz parte do estilo de vida moderno.

Caso tenha outras dúvidas ou queira saber mais sobre este assunto, entre em contato com a gente!

Até a próxima,
Equipe Equilíbrio Studio.